sábado, 3 de setembro de 2011

...


Pelos cantos da noite, sobram deslizes, memórias e devaneios que viram poesia. 

(Ana Morais)

10 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana, com certeza! Nada mais lindo e poético.
Beijos no seu coração.
Manoel.

Yasmin D. disse...

estava com saudades da sua poesia,minha escritora!!

çç disse...

saudade do seu espaço, linda menina!

Celso Mendes disse...

sempre ando à cata de palavras nos cantos da noite.

beijo.

Luna Sanchez disse...

A arte da transformação. Adoro muito!

Um beijo, Ana.

Mero Esmero disse...

A poesia é a cúmplice perfeita para noites com ou sem lua... importa apenas que sejam noites para que as penas e tinteiros revelem desde nuances de amor até, em meio ao breu, almas em açoites.

Carla Md. disse...

sua poesia é linda de muito bom gosto... todo os atributos de ser uma excelente poetisa, escritora completa!!! bjs

Anônimo disse...

quero que esse blog vire livro!!!
bjs
NANDA

Erica Gaião disse...

Gostei tanto desses versos que levei comigo e deixei lá, junto aos meus, linda poetisa! Depois passa lá para ver.

E o nosso projeto? Vamos tentar?

Beijos, querida!

Ronilson disse...

!