terça-feira, 29 de março de 2011

"Quase"



Estive tão perto de sentir o sabor de "ser livre", não era disfarce ou lapso
Era só a morte da saudade que vive sempre, era só a tentativa de bordar novas aspirações em outros braços.
Mas não, usei da tolice e troquei por um quase querer, um quase acaso, um quase perto, um quase sonho, um quase sentimento, um quase caso, um quase destino, um quase que nunca foi nem inteiro.
E agora, seguro os pensamentos que correm nessa reta, sumo com a quase vontade, que era apenas minha e um dia volto a florescer nas profundezas do recomeço.

Ana Morais

10 comentários:

Celso Mendes disse...

Se quase é por que vives. Se vives, quase pronta estás e o florescer nem se sente, acontece apenas vida.

beijo, amiga! belo texto...

A Viajante disse...

De quase em quase é que um dia se tranforma em um Todo, basta realmente florescer!! Afinal uma largata é quase uma borboleta, depois ela vira uma borboleta, ela é uma borboleta!!

beijos querida, muito legal o post!

Manoel Britto disse...

No quase você tem chances de se encontrar na vida, de florescer. Basta você lutar para tornar o ''quase'' é fato concluído, sempre vivendo intensamente cada um desses oclusos tempos.

Bjsca

Vanessa Mendes disse...

sempre arrazando nesses textos né (:
saudades de você "/
ta bem?
beeijo :*

Vanessa Mendes disse...

sempre arrazando nesses textos né (:
saudades de você "/
ta bem?
beeijo :*

Poeta da Colina disse...

"quase" e "se" jamais serão argumentos.

yaraeosol - yaralm disse...

Belo texto!
Um abraço,
Yara

iasmin999 disse...

Belo texto, escritora!! cada dia vc se supera com textos maravilhosos.

Anônimo disse...

"um quase" eh triste, qndo se quer algo por completo!!
Entendo vc e sinto o mesmo!! obrigado pelas ajudas em textos q sempre me dar qndo venho aqui...
abraço da amiga mariana, sou sua fã!!!

Erica Gaião disse...

Ana!

Coincidência. Domingo comecei a trabalhar em um texto sobre o quase; aquilo que quase acontece. Vou tentar postar ainda essa semana. Amei esse, viu?

Beijos