terça-feira, 17 de maio de 2011

Virá;



Virá, em busca do fim da saudade, bem aqui, do outro lado da cidade, entre as curvas da serra. Virá, num vôo alvoroçado, preocupado em furar as nuvens da distância e alcançar seu chão, sua raiz. Virá, e será  o dia da chegada para alguns, mas para mim, partida e uma outra ida. Virá, com um corpo moído de cansaço, na espera de braços cheios de sossego. Virá, mas não pro meu abraço cheio de desejo. Virá, e não serei eu, que irei recebê-lo. Virá, só falta esse resto de Maio, e uma eternidade. Virá, e não trará o que levou na bagagem. Virá, e trará mais ausência. Virá, o que  tenho medo de encarar. Virá, o que não esqueço. Virá, e ponto final, com uma ponta de esperança, é claro.

Ana Morais

20 comentários:

Roberta Galdino disse...

'e outras eternidades' ... 'virá as tuas faltas'
*.*
mas que lindo
lindo demais
amei
bj

http://rgqueen.blogspot.com/

Manoel Britto disse...

''quem espera sem alcança'', se for amor verdadeiro, cedo ou tarde, um dia virá.
Bjs
http://manoelbritto.blogspot.com/

Elaine Coelho disse...

***Amor e Esperança Sempre!!!***
Devem estar sempre lado a lado para que um carregue o outro quando necessário na horas em que a "desesperança" insisti em querer atacar!

'Lindo Post'

coisinhasdalayne.blogspot.com

Beijos

iasmin999 disse...

Você eh tão fabulosa, que eu sinto tudo aqui, na pele... meus olhos não aguentaram, as lagrimas escorrem sem parar!!!

sentimentos raros, cheios de delicadezas, sou sua fã e almejo um dia, vc lançar um livro, pra eu tá lá, aplaudinho vc, poetisa linda!!

bjs menina luz!!

Sandrio cândido. disse...

que venha então!
beijos

Ronilson disse...

Sempre vem ... mas na hora certa ! Eis o misterio e a beleza !

Poeta da Colina disse...

O tempo passa e coloca qualquer presença em perspectiva.

Vanessa Carvalho. disse...

"Virá, e será o dia da chegada para alguns, mas para mim, partida e uma outra ida." Me identifiquei bastante com essa frase.
Texto bem escrito. Adorei o Blog.

Nilson Barcelli disse...

Não sei se a tua esperança se materializará ou não, mas sei da beleza do teu texto.
Gostei muito, como é óbvio.
Beijos, querida amiga.

Suzana Martins disse...

Virá em tantas eternidades e estarei a espera. Virá e deixarei esquecer em mim o que é abraço.

Virá... Encontrarei...

Beijos!

Adorei

paulo disse...

Na conta-mão, sinto que este "virá" não agrada ao poeta e ele espera que não aconteça, mesmo porque virá para tantas coisas que não lhe interessam.
Mas, é só uma opinião.

Abraço, Ana

Celso Mendes disse...

Então que venha! E virá até virar ponto final. Enquanto não, ponta de esperança...

Ótimo texto, Ana!

Beijo, amiga.

Roberta Galdino disse...

agradeço-lhe a visita
seu comentário foi lindo *.*
obrigada mesmo
você é incrível
bjos

http://rgqueen.blogspot.com/

Roberta Galdino disse...

agradeço-lhe a visita
seu comentário foi lindo *.*
obrigada mesmo
você é incrível
bjos

http://rgqueen.blogspot.com/

Carla Md. disse...

lindo, encantando como sempre!!
bjs de outra fã;**

Jão disse...

Esperança sempre.
também espero ávido por um retorno.


Beijos

Nielson Alves disse...

um beijo dentro do seu poema de esperança

Anônimo disse...

super lindo seu blog!!

Erica Gaião disse...

Virá na esperança de encontrar aqui amor e aconchego...

Eu encontro sempre!

Beijos e beijos

Natalia S. disse...

cada leitura uma surpresa linda!!
blog de alta qualidade...