quinta-feira, 28 de abril de 2011

retirando o pó;


Estou fora de área, desligada, dando férias aos pensamentos, descansando as palavras que não estão prontas. Na realidade, tentando não me inflamar mais com tanta redundância. Apostando todas as chances, nessa reforma, nessa nova pintura, nessa arrumação, que por descuido deixei revirar, virar cinza, empoeirar...


Ana Morais

18 comentários:

Fernand's disse...

sábia decisão.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Morais, aproveite bem. Só não deixe de pedalar senão a bicicleta cai, né?
Volta logo!
Beijos no coração.
Manoel.

Milene R. F. S. disse...

Ás vezes um tempo é necessário para que a poeira possa ser espanada da mente e do coração... beijos Ana!

Etiene disse...

xô poeira, postei algo relacionado a "poeira" hj tb rs, saiii tudo que não importa, viva aos novos pensamentos e aos novos horizontes .. destinos.
beijus e bom final de semana

iasmin999 disse...

venho quase todo dia aqui, pra melhorar lendo vc!!
volta logoo... bjs poetisa;**

Geladeira disse...

Acho que estou precisando tirar o pó também, arrumar a casa, jogar coisas fora, para ter espaçõ pra receber o que há de vir !

Bjs

Carla Md. disse...

adorei esse... suas palavras falam da minha vida, o que passo, fico impressionada!!
ótimo fim de semana, poetisa!!

Celso Mendes disse...

Tem sempre o momento certo para cada palavra e para cada ação. Difícil é saber este momento. Belo texto!

beijo.

Nielson Alves disse...

Ô ANA
adoro seu blog moça,
fico feliz muito feliz por descobrir você e o que se esconde entre uma frase e outras...
parabéns pelo poder da escrita, é de se tocar o poesia te lendo


beijos e aplausos

A Viajante disse...

Estou quase tomando essa decisão também de renovar tudo, deixar bem limpinho!! haha muito boa a ideia!!

beijos

Chris disse...

Hi Ana Morais
Muito agradeço a visita assim como as agradáveis palavras deixadas.
Aqui estou hoje a visitar este espaço que encanta e a deixar umas palavras de encorajamento às férias aos pensamentos se é que alguma vez conseguimos dar férias ao nosso pensamento. Talvez férias à expressão do pensamento porque esse, mesmo a dormir continua a trabalhar, pelo menos na minha pobre cabeça.
Um bom domingo, com muitas palavras soltas que será bom ver agrupadas em mais uma boa entrada.
Beijinho

Chris Morris

Fernanda Hauptmann disse...

E esse tempo que a gente tira pra saber quem a gente é, é que define que a gente será quando estiver tudo em seu lugar.

Poeta da Colina disse...

É tanta coisa que a gente não precisa, que fica mesmo a acumular.

Wilden Barreiro disse...

passo a maior parte do tempo a planejar e adiar uma limpeza assim. custo tanto a começar que quando começo sou voraz, excessivo, espanando até pedaços de mim.
mas funciona: sou árvore carente de poda.

abraço

Anônimo disse...

maravilhooosoo!!!!!

Erica Gaião disse...

Às vezes ausentar-se é uma necessidade... Não demora muito.

Beijos

Leonard M. Capibaribe disse...

Suas palavras tem um sentimento muito bonito! Parabéns! Gostei demais do seu blog... Estou seguindo você!

Idiótica. disse...

As vezes preciso ficar fora de área também, e depois a saudade de escrever vem com tudo; e retorno.